PASTORAL DA LITURGIA

O Vaticano II, através da Constituição sobre a Sagrada Liturgia, afirmou que a Liturgia é ‘o culto público integro’ exercida pelo “corpo místico de Jesus Cristo, a obra “pela qual Deus é perfeitamente glorificado e os homens santificados, e na qual “os sinais sensíveis significam e, cada um à sua maneira, realizam a santificação do homem” (SC,10). A finalidade da Liturgia é “prestar culto a Deus” (SC, 59). Mas, ao lado da “glorificação de Deus”, ocorre na liturgia a “santificação dos homens em Cristo” SC,10). A isso se dá o nome de duplo movimento da liturgia: o que o Dom de Deus transmite aos homens e o que reverte a Deus o amor dos homens salvos, claramente formulados pelo Vaticano II (SC, 7).

OBJETIVO GERAL

Motivar e reunir a comunidade, para uma participação plena, isto é, interior e exterior, por meio de atitudes, gestos, respostas, orações, silêncios e cantos. É toda a pessoa humana, em todas as suas dimensões, que deve comunicar-se com a celebração dos mistérios.

Promover a Liturgia já é ação pastoral pelas dimensões comunitária e ministerial, catequética, missionária, ecumênica e transformadora que ela possui. Estamos desencadeando integração de todas as pastorais, pois a Liturgia é fonte e ápice de toda atividade. Conf. Nº 186 Doc. 43

ÁREA MISSIONÁRIA

Equipe Central de Liturgia – Reuni-se mensalmente.

Sua função

  • Planejar, animar, coordenar e avaliar a vida litúrgica das comunidades.
  • Garantir a celebração do mistério pascal de Cristo.
  • Elaborar subsídios, prover os meios e dinamizar a formação litúrgica da Área Missionária.

São membros: o Pároco, Cooperador, Coordenadora, Vice-Coordenadora, Secretária, Coordenador de Coroinhas, Coordenador de Ministros, Coordenador de Equipes de Música, Coordenador de Equipe de Acolhida.

Equipe Ampliada de Liturgia

Sua função

  • Garantir a celebração do mistério pascal de Cristo.
  • Constituir, formar e fortalecer as equipes de celebração nas comunidades.
  • Zelar pela dimensão celebrativa do conjunto da ação evangelizadora e pastoral.
  • Promover a integração entre as diferentes equipes de celebração.

COMUNIDADE

EQUIPE DE LITURGIA

Haja em todas as nossas comunidades da Área Missionária São Lourenço, Equipe de Liturgia e Equipe de Celebração, para promover a participação ativa, incentivar as aclamações dos Fiéis, as respostas, a salmodia, as antífonas, os cânticos, bem como as ações, gestos e atitudes, e que seja observado, a seu tempo, o silêncio sagrado.

Nas celebrações litúrgicas, Ministro ou Fiel, exercendo seu ofício, faça tudo e só aquilo que pela natureza da coisa ou pelas Normas Litúrgicas lhe compete. Os que servem o altar, leitores, animadores e componentes do grupo Música exercem também um verdadeiro ministério litúrgico. Desempenhem, portanto, sua função com piedade sincera e ordem, imbuídos de espírito litúrgico e preparados para executar as suas partes, perfeita e ordenadamente.

Sua função

  • Planejar, animar, coordenar e avaliar a vida litúrgica da comunidade.
  • Garantir a celebração do mistério pascal de Cristo.
  • Constituir, formar e fortalecer as equipes de celebração na comunidade.
  • Promover a integração entre as diferentes equipes de celebração.

EQUIPE DE CELEBRAÇÃO

Sua função

  • São encarregadas diretamente das celebrações da Palavra de Deus, da Eucaristia, do Batismo, do Matrimônio…
  • Distribuição dos diferentes serviços e ministérios.
  • Dar sequência harmoniosa do ritual, do sentido de cada momento, elemento litúrgico e de que a assembleia, em Cristo, é o sujeito da ação litúrgica.
  • Sua beleza e grandeza se manifestam pelo agir criativo, harmonioso e orante dos membros da equipe de celebração.
  • A Equipe de celebração deve se sentir parte integrante da assembleia litúrgica, procurando dar testemunho de participação atenta, de verdadeira piedade, nas orações, cantos, escuta da Palavra, na atenção à homilia e na comunhão.
  • É necessário celebrar com o povo e não para o povo. Seu ministério é um modo de se celebrar e não mero cumprimento de funções enquanto outros celebram.
  • O lugar da Equipe de celebração deve favorecer a participação e a integração de seus membros na assembléia litúrgica. Devem estar sempre voltados para o altar e não de costas para o mesmo.
  • As ações da Equipe de celebração sejam testemunho e estímulo para a assembléia, evitando-se tudo o que possa atrapalhar e causar distração, como: conversas, movimentação excessiva, acertos durante a celebração e idas à sacristia.
  • A Equipe deve favorecer a pontualidade no início da celebração, a tranquilidade no decorrer da mesma e evitar o seu excessivo e inoportuno prolongamento.
  • É importante que a Assembléia Litúrgica sinta-se bem acolhida pela Equipe de celebração. A Equipe poderá exprimir o acolhimento fraterno recebendo as pessoas às portas da Igreja.
  • A participação dos membros da Equipe de celebração na comunhão eucarística seja organizada de tal forma que ninguém deixe de comungar, por exemplo, para ficar cantando ou tocando, uma vez que o canto está a serviço da comunhão.

Metas

Promover a dimensão litúrgico-celebrativa, fonte e cume da ação evangelizadora e Pastoral da Área Missionária São Lourenço, tendo em vista a participação consciente e ativa dos fiéis, por meio das expressões simbólicas, adaptadas à cultura e a compreensão do nosso povo.

Missão da Liturgia:

Promover a união de ritos eucarísticos com a comunidade, a fim de que os fiéis em sua caminhada espiritual, e de forma orante, testemunhar mudanças de atitudes capazes de manifestar ao próximo o ministério de Jesus Cristo e a verdadeira natureza da Igreja”.

Ações práticas:

  • Fortalecer e consolidar as equipes de liturgia e de celebração em todas as comunidades da AMSL;
  • Promover cursos e oficinas de formação litúrgica para as equipes;
  • Fortalecer e apoiar o uso de recursos tecnológicos para a criatividade litúrgica;
  • Implementar sistema de sonorização “padrão” em todas as comunidades da AMSL.

COORDENAÇÃO NÍVEL DE AMSL

Cooperador: Pedro Paulo Costa da Silva
Coordenador: Heullen Joel Xavier
Vice-Coord.: Ines Souto Costa
Secretária: Johannycy Araujo Andrade

Coordenação por comunidade

COM. SANTO EXPEDITO
Coordenadora: Marinice Chagas de Souza
Coordenador: Reinaldo do Nascimento Jean
Vice-Coord.: Johannycy Araujo Andrade
Secretária: Maria Regina Chagas de Sousa

COM. IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
Coordenadora: Priscilla de Souza Mendes
Vice-Coord.: Tânia Maria Ribeiro Tavres
Secretário: Mateus Guilherme Moura

COM. SÃO PAULO APÓSTOLO
Coordenador: Daniel Oliveira de Pontes
Vice-Coord.:  Maria Aldiné Marques de Oliveira
Secretário: Pedro de Oliveira Nogueira

COM. RAINHA DA PAZ
Coordenadora Ozana Maria Carvalho
Vice-Coord.  Luís Antônio Miranda
Secretário: Isabela Cavalcante de Carvalho

COM. SANTO ANTÔNIO SANT’ANA GALVÃO
Coordenadora: Silvia Maria Pereira
Secretária: Luana Lima Alves

Escala